Ovo X Milho

OVO X MILHO

Em janeiro o preço médio dos ovos brancos na granja (interior paulista, caixa com 30 dúzias) sofreu queda mensal de 15%. Em doze meses o índice de redução atingiu 13%.

O Produtor de milho, por sua vez, obteve valorização de 3% e 19%, no mês e em doze meses, respectivamente, na comercialização do seu produto.

Assim, com a valorização na cotação do milho e a desvalorização nos negócios realizados com ovos, foram necessários 16,5 caixas de ovos para adquirir uma tonelada de milho, causando situação ainda pior que dezembro último quando a necessidade atingiu 13,6 caixas. Com isso, a perda mensal no poder de compra foi alta, de 17,6%.

Em doze meses o índice negativo foi ainda maior, de quase 27%, pois, em janeiro de 2018 foram necessários 12 caixas de ovos para adquirir a tonelada de milho. Isso já ajuda a apontar porque a relação atual é a segunda pior desde que o acompanhamento passou a ser realizado, consequentemente, também da presente década, perdendo, apenas, para o poder de compra do já distante janeiro de 2011 quando foram necessários 16,7 caixas de ovos.

Na comparação com a média histórica de janeiro dos últimos nove anos – 13,2 caixas de ovos – a perda do produtor de ovos de janeiro último permanece extremamente alta, ficando em índice negativo na casa dos 20%.

Com a matéria-prima básica compondo mais de 70% do custo de produção, será preciso grande esforço do produtor de ovos para melhorar as condições de comercialização nos próximos meses e poder permanecer nessa atividade tão essencial para a qualidade de vida da população brasileira.

Fonte: Avisite



avatar

Envie suas sugestões de reportagens, fotos e vídeos de sua região. Aqui o produtor faz parte da notícia e sua experiência prática é compartilhada.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.